Informativo / Artigo

CPF irregular pode impedir inscrição para receber R$600,00 do Auxílio Emergencial



O governo começou a pagar o auxílio emergencial de R$ 600 como forma de aliviar os impactos econômicos da pandemia de coronavírus. Para ter acesso ao benefício, uma das exigências é estar com o CPF regularizado.

Muitas pessoas relataram problemas na inscrição justamente por não terem o documento em dia. Entre os problemas mais comuns no registro, estão dados pessoais errados ou desatualizados, pendências eleitorais e não entrega de declaração de Imposto de Renda.

Essas pendências podem ser resolvidas online. A Receita Federal, responsável pelo registro do CPF, orienta a não procurar uma unidade de atendimento, como forma de evitar aglomerações e respeitar o isolamento social durante a pandemia.

Todos os serviços estão disponíveis no site ou por e-mail, de acordo com a Receita. É possível verificar a situação do seu CPF no site da Receita.